TÉCNICA X UNÇÃO


Existem vários questionamentos quando falamos nestes dois assuntos: Qual é o mais importante, técnica ou unção? Em qual devemos nos aprimorar mais?
A líder do nosso ministério, Raquel, nos deu um exemplo que marcou muito a minha vida.
“Imagine uma águia. Sua asa esquerda é a técnica e a direita a unção. Se para voar ela usar somente a asa esquerda, que para nós é a técnica, o que acontecerá? Ela vai rodar... rodar em círculo e não conseguirá chegar a lugar algum sem o equilíbrio e auxílio da outra asa”.
Assim acontece conosco, em se tratando de técnica e unção. Uma complementa a outra.

TÉCNICA

Segundo o dicionário Aurélio técnica é uma “maneira, jeito ou habilidade especial de executar ou fazer algo”.
A Bíblia diz em 1Co 7:7b: “mas cada um tem seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra”.
O Senhor nos deu um dom pra usá-lo para Honra, Glória e Louvor dEle. Temos então uma tarefa de aperfeiçoar e buscar sempre fazer o nosso melhor. Está na hora de nós, povo de Deus, ganhar espaço, ser mais profissional com o talento que Deus nos deu para tirarmos esta imagem de que “o povo de igreja faz as coisas de qualquer jeito”.
    Temos que admitir: Lá fora as pessoas fazem tudo em perfeita ordem e comprometimento, ensaiam horas e horas. Pra que? Glória própria e para exaltar o homem carnal. Nós temos Jesus, nosso único e melhor motivo para sermos melhores do que temos sido e mostrar que o povo de Deus é capaz de fazer e fazer bem feito.
A Bíblia diz em I Sm 16.17: “Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-lo”. Quando Saul exigiu que fosse uma pessoa que tocasse bem para que ele se livrasse do espírito mau que o atormentava, mandaram buscar a Davi; ele tinha um diferencial na sua vida. Ele tinha sido notado por ser bom naquilo que fazia. O mundo tem que olhar para nós e nos ter como exemplo naquilo que fazemos, precisamos exercer nosso ministério bem para que a Glória do Senhor seja manifesta através da nossa vida.
Se você tem condições de fazer uma aula não perca tempo. Deus quer contar com pessoas preparadas. Por outro lado Deus conhece o seu coração e condições. Se você não tem como fazer uma aula ele vai suprir suas necessidades técnicas e te capacitar para fazê-la.

UNÇÃO

A unção vem de Deus através de uma vida de comunhão, busca e arrependimento. A unção traz vida a uma dança, a uma roupa, expressão ou movimento. Nossa vida com Deus tem que ser além do ministério.
Uma dança ungida nasce quando há uma entrega total, uma entrega de coração, uma vida Santa. Há momentos em que precisamos estar a sós com o Senhor e nos derramar diante de Sua presença e, são nesses momentos que nascem os passos, as coreografias e as músicas que Ele quer que sejam ministradas diante Dele. Nosso Deus é criativo, e tem algo preparado para cada ministério, basta somente buscar, buscar e buscar.
A Bíblia diz em I Sm 16.13 “Então Samuel tomou o vaso de azeite, e o ungiu no meio de seus irmãos; e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi”.
A partir do momento que Davi foi ungido, ele nunca mais foi o mesmo. As pessoas eram abençoadas através de sua vida. A unção sobre ele foi tão sobrenatural, que quando ele estava trazendo a arca de volta para sua terra, ele dançava na presença de Deus com todas as suas forças (II Sm 6.14).
Temos que fazer o nosso melhor para o Senhor. Quando subimos ao altar para ministrar tem que ser com todas as nossas forças, dedicando tudo somente a Ele.
Quando unimos estes dois pontos, técnica e unção, conseguimos entregar a Deus uma adoração excelente, pois Ele é digno.

A ARMADURA DE DEUS NA DANÇA

Em Efésios 6.10-20 temos a armadura de Deus que devemos tomar sobre as nossas vidas, todos os dias para sermos guardados das astutas obras do diabo. Vamos aplicar estes versículos ao nosso ministério.
A roupa (estola sacerdotal): Nosso lombo está sendo cingido com a verdade e vestidos com a couraça da justiça para ministrarmos cura, libertação e salvação.
A sapatilha: calçamos nossos pés para preparação do evangelho da paz. Ao ministrar uma dança ungida e guiada por Deus estamos pregando a palavra através dos nossos movimentos, de nós sai virtude vinda do Espírito Santo para abençoar.
Acessórios (fitas, arcos, panos...): estes representam nosso escudo da fé, com o qual podemos quebrar com autoridade todas as armadilhas e dardos inflamados do maligno.
Adornos no cabelo: é nosso capacete da salvação para nos guardar contra flechas do inimigo, críticas e inveja.
Contudo, quando estamos revestidos de toda armadura de Deus, em comunhão com o Pai, o diabo não tem poder de impedir o agir do Senhor em nossas vidas, e temos o privilégio de abençoar pessoas através da nossa dança e acima de tudo fazê-la chegar como aroma suave ao trono de Deus.
Espero que esse estudo possa te ajudar a continuar acreditando no propósito de Deus para sua vida. Guarde isso no seu coração. Antes mesmo de você ser ministro de dança, você é filha (o) de Deus e tem livre acesso ao Pai. Então busque a face do Senhor sempre, esqueça as mãos, entre no Santíssimo Lugar e conheça-o face a face.

Fabrícia Rezende Moreira
Além...Ministério de Louvor
 fabricia@ministerioalem.com